seguir no FACEBOOK

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Carnaval curitibano de 2018



Estão abertas as inscrições para o concurso que escolherá o Rei Momo, a Rainha e as princesas do Carnaval curitibano de 2018. O concurso será realizado no dia 25 de janeiro, no Memorial de Curitiba. O concurso é aberto para maiores de 18 anos, residentes em Curitiba há pelo menos seis meses, que tenham espírito carnavalesco, simpatia e samba no pé. Esta é uma das atrações divulgadas pela Fundação Cultural de Curitiba (FCC). Outros eventos da programação do Carnaval de Curitiba também foram confirmadas, como os blocos e desfiles das escolas de samba.
Os interessados em concorrer ao Cortejo Real do Carnaval 2018 podem se inscrever, até o dia 24 de janeiro, na sede da Fundação Cultural de Curitiba – Moinho da Inovação (Rua Engenheiros Rebouças, 1732). Mais informações pelo telefone 3213-7576 e 3213-7582.
O rei, a rainha e as princesas representam a cidade em eventos do Carnaval agendados pela Fundação Cultural. As obrigações dos eleitos começam logo depois do concurso. A Comissão Julgadora será escolhida pela FCC e composta por pessoas com reconhecida atuação nas diversas áreas da cultura.
Informal
Mas além da programação oficial da FCC, Curitiba ainda tem o Carnaval informal. O Bloco 10afinados & daí?! chama os foliões para o berro de Carnaval no próximo sábado, a partir das 16h20 na Rua São Francisco. Ainda prometem sair às ruas nos dias 20 e 27 de janeiro e 3 e 17 de fevereiro. Já o Bloco carnavalesco Segura Curitiba, pretende sair no dia 11 de fevereiro.


Carnaval
O que já está confirmado na folia de Curitiba
Garibaldinho (Garibaldis e Sacis)
21 de janeiro - 15 às 19h
Praça João Cândido - Ruínas de São Francisco
Concurso de Escolha do Cortejo Real
25 de janeiro - 20 às 24h
Memorial de Curitiba - Praça do Iguaçu
Garibaldis e Sacis
28 de janeiro - 15 às 19h
Rua Marechal Deodoro da Fonseca (trecho entre
Rua Barão do Rio Branco e Rua Marechal Floriano Peixoto)
Garibaldis e Sacis
4 de fevereiro - 15 às 19h
Rua São José dos Pinhais - Sítio Cercado (trecho entre
Rua Nova Aurora e Rua Dr. Lauro Gentil Portugal Tavares)
Desfile dos Blocos Carnavalescos e Escolas de Samba
10 de fevereiro - a partir das 13h
Rua Marechal Deodoro da Fonseca
Apuração Notas Desfile das Escolas de Samba
11 de fevereiro - 15 às 22h
Memorial de Curitiba - Teatro Londrina
Marcha Zombie Walk
11 de fevereiro - 12 às 20h
Roteiro: Boca Maldita, Rua XV de Novembro,
Paço da Liberdade, Riachuelo, Praça 19 de Dezembro,
Cândido de Abreu e Praça Nossa Senhora da Salete
Psycho Carnival
12 de fevereiro - 13 às 19h
Praça Nossa Senhora da Salete

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

35ª Oficina de Música de Curitiba


35ª edição acontecerá nos dias 27 de janeiro a 8 de fevereiro. O mais completo e diversificado evento de formação musical do país oferta 96 cursos de música erudita e popular brasileira, aproximadamente 125 eventos, entre concertos em teatros e parques, palestras, exibição de filmes, feira gastronômica, workshops, oficina verde e muito mais. A música revoga os pesadelos da vida.
 Informe-se pelo site: http://www.oficinademusica.org.br/

Oficina de Música terá extensa programação de concertos


Realizada entre os dias 27 de janeiro e 8 de fevereiro a 35ª Oficina de Música de Curitiba mantém-se como o mais completo e diversificado evento de formação musical do país. Além da oferta de 96 cursos de música erudita e popular brasileira, a Oficina terá uma extensa programação artística, com aproximadamente 125 eventos, entre concertos em teatros e parques, palestras, exibição de filmes, feira gastronômica, workshops, oficina verde, além do “circuito off” em 13 bares da cidade.
A novidade desta 35ª edição é que as categorias – música erudita, música antiga e MPB – acontecerão juntas, fortalecendo os laços da música e suas novas interfaces. De forma inédita, os gêneros musicais conviverão de forma simultânea, oportunizando a troca de conhecimentos e informações.
“Toda essa programação estará concentrada em 13 dias, misturando o erudito ao popular e ainda tendo o pré-carnaval de Curitiba acontecendo simultaneamente. Será uma grande festa da música de qualidade reforçando o conceito de ?misture-se’ adotado na campanha deste ano”, garante Marino Galvão, presidente do Instituto Curitiba de Arte e Cultura – ICAC, que realiza a Oficina de Música junto com a Fundação Cultural de Curitiba.
Para a diretora geral da Oficina, Janete Andrade, a diversidade e a descentralização das atividades são a marca desta edição. “Tentamos envolver toda a cidade com música”, disse. Janete também enfatiza cursos inéditos, como o de preparação para spalla e o de acessórios e objetos para ópera, até então nunca ofertados em festivais de música. A programação e os cursos contam com a curadoria de Abel Rocha (coordenador de música erudita), Rodolfo Richter (música antiga) e João Egashira (música popular brasileira).
            O maestro Abel Rocha assume a curadoria do núcleo de música erudita pela primeira vez, depois de atuar por três anos como professor da Oficina. Segundo ele, os cursos procuram atender as expectativas dos alunos. “Uma das preocupações que tive foi manter a qualidade musical para garantir o convivio com profissionais de excelência e possibilitar o ensino conforme uma nova demanda dos músicos na atualidade: associar educação musical, formação de plateia e empreendedorismo“, explicou o maestro, que é professor de regência do Instituto de Artes da Unesp e titular da Orquestra Sinfônica de Santo André.
As aulas acontecerão nos blocos vermelho e amarelo da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, apoiadora máster do evento. A Oficina contará com 81 professores brasileiros e estrangeiros, como o italiano Emanuelle Baldini, atual spalla da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, e Cristina Ortiz, pianista brasileira de carreira internacional residente na Suíça.
São esperados mais de 1.300 alunos de todo o Brasil, oriundos de 22 estados brasileiros e do Distrito Federal. Os do Paraná são em maior número - 784 alunos, sendo 610 da capital. Os participantes vêm de mais de 100 cidades brasileiras, até mesmo das mais distantes, como Belém do Pará. Entre os participantes estão também muitos estrangeiros. Serão 46 alunos vindos, na maior parte, da Argentina, mas também do Paraguai, Bolívia, Holanda, Alemanha, Reino Unido, Espanha e Lituânia.
“Apoiar a 35ª Oficina de Música é uma oportunidade única para a Caixa, proporcionando à população de Curitiba espetáculos e programação primorosa, além da troca de experiências entre os músicos que vêm de todos os lugares do mundo em razão da qualidade e o diferencial do evento”, destaca Cybelle Radominski Demattê, gerente de Marketing, Comunicação e Cultura da Caixa.
Atrações – Além dessa oferta pedagógica, a 35ª edição terá uma extensa programação artística. O concerto de abertura, no dia 27 de janeiro, no Teatro Guaira, é uma das atrações, unindo Jane Duboc, Vocal Brasileirão, Cristina Ortiz e a Camerata Antiqua de Curitiba para fechar as comemorações dos 90 anos de Tom Jobim. Outra grande atração é o show de Toquinho, com a participação de crianças do projeto MusicarR das regionais de Curitiba. O concerto de encerramento da MPB, sob o comando de João Egashira, curador do núcleo popular, apresentará a Orquestra à Base de Corda juntamente com Martinho da Vila. O encerramento dos cursos de música erudita será com a Orquestra e Coro de alunos da Oficina no programa “Porgy and Bess”, de George Gershwin, com regência de Abel Rocha, curador do núcleo erudito.
O público terá opções de concertos em espaços tradicionais como o Teatro Guaíra,Teatro do Paiol, Capela Santa Maria, Memorial de Curitiba, Igreja Luterana e Oratório de Bach (Bosque Alemão). No Guairinha serão realizados os ensaios do Núcleo de Ópera, que será retomado nesta edição, apresentando dois títulos: “A Solteirona e o Ladrão”, de Gian Carlo Menotti, e “A Flauta Mágica”, de Mozart.
Foram programados também vários concertos eruditos e populares ao ar livre em parques e praças da cidade, além de feira gastronômica e o tradicional “Circuito OFF”, que acontece em diversos bares da cidade simultaneamente, prometendo fechar de ponta a ponta as noites curitibanas.
Parceria– A 35ª Oficina de Música de Curitiba é uma realização da Prefeitura Municipal de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba, Instituto Curitiba de Arte e Cultura – ICAC, Ministério da Cultura e Governo Federal, com patrocínio da Caixa Econômica Federal.
A edição conta com apoio máster da PUC-PR, do Centro Cultural Teatro Guaíra e da Secretaria de Estado da Cultura do Paraná. São patrocinadoras por meio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura as empresas Copel, Sanepar e Elejor. A Oficina também conta com o patrocínio direto da Itaipu Binacional. A programação completa da Oficina de Música está disponível no site www.oficinademusica.org.br.
Autor: Assessoria de Imprensa
Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

domingo, 7 de janeiro de 2018

Oficina de férias para atores



I



Inicia nesta Terça 9/01 a Oficina de férias para atores, assistentes de direção e produção, figurinistas e operadores de som e luz.
Os participantes selecionados durante o período da oficina estarão envolvidos no processo de criação, produção e encenação de 8 espetáculos serão apresentados na MOSTRA TRANSCENDENTAL de 28 a 08 de março no 27º Festival de Teatro de Curitiba
Duração: 9 de janeiro a 10 de fevereiro de 2018.
Turmas: Terças e quintas feiras das 17:15 às 19:15 e das 19:30 às 21:30. Sábados e Domingos das 9 às 13h.
Investimento: R$ 150,00
Para mais informações e solicitações da ficha de inscrição
entre em contato através do e-mail contato@teatrorodrigodeoliveira.com.br

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Campanha da Fraternidade 2018


O tema será Fraternidade e superação da violência,
 tendo como lema Em Cristo somos todos irmãos (Mt 23,8).

Educar para a vida em fraternidade, com base na justiça e no amor, exigências centrais do Evangelho.
Renovar a consciência da responsabilidade de todos pela ação da Igreja Católica na evangelização e na promoção humana, tendo em vista uma sociedade justa e solidária.

Campanha da Fraternidade 2018 (CF 2018) é realizada todos os anos pela Igreja Católica no Brasil durante o período da Quaresma, e a campanha é coordenada pela CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. A Campanha da Fraternidade tem como principal objetivo despertar a solidariedade de todos os seus fiéis e também da sociedade brasileira, em um problema que envolve todos nós, buscando assim uma solução para resolver esses determinados problemas. Todos os anos, são escolhidos temas, o Tema da Campanha da Fraternidade 2018 é: “Fraternidade e superação da violência, tendo como lema Em Cristo somos todos irmãos (Mt 23,8)“.

domingo, 31 de dezembro de 2017

feliz 2018







Senhor Deus, dono do tempo e da eternidade,
teu é o hoje e o amanhã, o passado e o futuro. 
Ao acabar mais um ano, quero te agradecer por tudo aquilo que recebi de Ti.
Agradeço pela vida e pelo amor, pelas flores, pelo ar e pelo sol, pela alegria e pela dor, pelo que é possível e pelo que não foi. 
Ofereço-te tudo o que fiz neste ano, o trabalho que pude realizar, 
as coisas que passaram pelas minhas mãos e o que com elas pude construir.
Apresento-te as pessoas que conheci,
as amizades novas e os antigos, os que estão perto de mim
e os que estão mais longe, os que me deram sua mão
e aqueles que pude ajudar e os que tentei ajudar, os com quem compartilhei a vida, o trabalho, a dor e a alegria.
Mas também, Senhor, hoje quero Te pedir perdão.
Perdão pelo tempo perdido, pelo dinheiro mal gasto,
pela palavra inútil.
Perdão pelas obras vazias e pelo trabalho mal feito,
perdão por viver sem entusiasmo.
Também pela oração que aos poucos fui adiando
e que agora venho apresentar-te, por todos meus descuidos e silêncios, novamente te peço perdão.
Estamos começando um novo ano.
Paro a minha vida diante do novo calendário que ainda não se iniciou e Te apresento estes dias, que somente Tu sabes se chegarei a vivê-los.
Hoje, Te peço para mim, minha familia e amigos,
a alegria, a fortaleza e a prudência, a lucidez e a sabedoria.
Quero viver cada dia com otimismo e bondade,
levando a toda parte um coração cheio de compreensão.
Fecha meus ouvidos a toda falsidade e meus lábios a palavras mentirosas, egoístas ou que magoem.
Abre, sim, meu ser a tudo o que é bom.
Que meu espírito seja repleto somente de bênçãos para que as derrame por onde eu passar.
Senhor, a meus amigos que lêem esta mensagem,
enche-os de sabedoria e amor.
E que nossa amizade dure para sempre em nossos corações.
Também, de bondade e alegria, para que todas as pessoas
que eu encontrar no meu caminho possam descobrir em mim um pouquinho de Ti.
Fernando Saez Piri.




sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Curitiba volta a ser a capital do Natal


































                                                 
                                                         ENTREVISTA À TV TAROBÁ



e os curitibanos estavam curtindo a decoração 














domingo, 10 de dezembro de 2017

"Encantos de Natal" LAPA-PR

                                               "Encantos de Natal"





O domingo (10) foi de atrações variadas nas Festividades Encantos de Natal. No início da tarde,  o Circo Espalhafatos comandou a festa com muita música, mágica e brincadeiras, sempre interagindo com o público LAPEANO.