seguir no FACEBOOK

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Orquestra Sinfônica do Paraná comemora 29 anos e traz Isaac Karabtchevsky









  

 


Maestro Isaac Karabtchevsky. Foto: DivulgaçãoComo acontece todos os anos, há quase três décadas, a Orquestra Sinfônica do Paraná brinda o público com um concerto no dia de seu aniversário. Desta vez, a apresentação que marca mais uma etapa na história do grupo musical paranaense, criado há 29 anos, traz a Curitiba o maestro Isaac Karabtchevsky, considerado um ícone brasileiro.

“Estou na Orquestra desde a sua fundação, em 1985, e a cada ano comemorar o aniversário é sempre muito bom, é mais uma etapa vencida. Temos um grupo seleto de artistas e solistas, e para este concerto contamos com a regência de Karabtchevsky, um maestro de renome internacional que nos enobrece com sua presença”, diz Paulo Torres, spalla violinista.

O famoso regente brasileiro, filho de pais russos, nascido em São Paulo, em 27 de setembro de 1934, é hoje um dos nomes mais respeitados no Brasil.

Ele já reuniu 300 mil pessoas em um único concerto que regeu na Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro, em 1973. Seu nome é reconhecido também por suas atuações nos Estados Unidos e Europa.

Desde os anos 70, Karabtchevsky desenvolveu uma das carreiras mais brilhantes no cenário musical brasileiro, atuou por 26 anos como Maestro da Orquestra Sinfônica Brasileira e também em diferentes orquestras e teatros como a Tonkünstler Orchester de Viena, o Teatro La Fenice de Veneza, entre outros.

No início de 2011 o maestro recebeu o convite para dirigir a Sinfônica de Heliópolis, a maior comunidade carente de São Paulo, assumindo paralelamente a direção artística do Instituto Baccarelli.

Atualmente, é também o responsável pela programação artística do Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

CONCERTO DE ANIVERSÁRIO – A Orquestra Sinfônica do Paraná se prepara para receber o público na noite da próxima quarta-feira (28) em grande estilo. O repertório é composto por duas grandes obras de Tchaikovsky.

Abre a apresentação “Romeu e Julieta (Overture-Fantasy)”, uma das peças mais conhecidas do compositor russo. A obra teve três versões escritas pelo próprio compositor com base em críticas feitas por Mily Balakirev, um dos nomes mais importantes da época, que liderava um movimento em prol da música russa, conhecido como Grupo dos Cinco, e que também foi o mentor de Tchaikovsky.

A segunda obra do concerto, “Sinfonia n° 5 em Mi menor, Op. 64” foi composta em 1888 e reflete momentos cruciais da vida do compositor, que naquele período passava por turbulências emocionais. É também uma das mais tocadas e conhecidas peças do repertório erudito.

Serviço:

Concerto de aniversário da Orquestra Sinfônica do Paraná

Regência: maestro Isaac Karabtchevsky

Data: quarta-feira (28.05)

Horário: 20h30

Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto - Guairão

Programa: Romeu e Julieta e Sinfonia n° 5 de Piotr Ilytcg Tchaikovsky

Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia)

segunda-feira, 19 de maio de 2014

“José Richa - Imagens e História de um político de verdade”


Nesta segunda feira dia 19/05 as 18h:30min, na Assembléia Legislativa do Paraná, o lançamento do livro “José Richa - Imagens e História de um político de verdade”, iniciativa do Instituto Teotônio Vilela.
A belíssima trajetória de meu Pai quando Governador do Estado do Paraná agora esta registrada no livro que conta com diversas imagens fotográficas captadas pelo Fotógrafo Ivan Bueno.




(O Direito Autoral das fotos aqui publicadas são do palhaço PIRI e parceiros. Qualquer uso não autorizado destas imagens constitui-se em contrafação à Lei do Direito Autoral nº 9610/98.)


José Richa (São Fidélis, 11 de setembro de 1934Curitiba, 17 de dezembro de 2003) foi um político brasileiro.
Nascido no estado do Rio de Janeiro, ainda jovem mudou-se para o Paraná, onde se formou em Odontologia pela Universidade Federal do Paraná, em 1959.
Em 1962, foi eleito deputado federal pelo Partido Democrata Cristão e, após o golpe militar de 1964, filiou-se ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB), tendo sido um de seus fundadores. Foi reeleito em 1966. Em 1970, foi candidato a senador. Dois anos depois, foi eleito prefeito de Londrina, ficando no cargo entre 1973 e 1977. Em 1978, foi eleito senador da república.
Nas eleições de 1982, Richa foi eleito governador do Paraná. No mandato, desenvolveu projetos sociais, engajando-se também na campanha das eleições Diretas Já para a Presidência da República.
No início de maio de 1986, afastou-se do governo paranaense para candidatar-se a uma vaga no Senado Federal. Eleito pela segunda vez, deixou o PMDB em 1988 para ser um dos fundadores do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). Em 1990, concorreu ao governo do Paraná, ficando em 3º lugar. Richa cumpriu mandato no Senado até 1995, quando voltou a dedicar-se às atividades empresariais.
Teve três filhos: José Richa Filho, Adriano Richa e Carlos Alberto Richa, mais conhecido como Beto Richa.