seguir no FACEBOOK

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

"Papo de Contador"

Amigos, narradores, curiosos, voluntários... Convido vocês para o "Papo de Contador" do Instituto História Viva onde estarei no dia 31 de janeiro às 19h - Alameda Cabral, 335. Centro. Curitiba/PR.
Um tempo de troca e conversa pois se há princesas e plebeus, animais e santos, crianças e pessoas de meia-idade, velhos e árvores falantes, de todos os tipos e descrições, que fazem toda sorte de coisas estranhas, terríveis e fabulosas pode-se aprender e entender muito mais quando falamos sobre elas... Espero por vocês.

domingo, 13 de janeiro de 2013

Eleitos novos rei e rainha do Carnaval 2013

Cortejo Real 2013 - Foto Luiz Cequinel



Curitiba já tem os novos rei, rainha e princesas do Carnaval 2013. A eleição do Cortejo Real terminou nessa meia-noite de sexta-feira (11) no Memorial de Curitiba, com a presença do presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli.
Rubens Marques da Silva, 34 anos, com muito samba no pé, ganhou a simpatia dos jurados e foi eleito o Rei Momo da capital. “Estava muito nervoso antes da eleição começar. Só participei porque minha irmã, Roseane de Oliveira, que já foi rainha do carnaval no ano passado, insistiu muito. Devo essa vitória a ela”, revelou animado. 
A rainha eleita é Marcia Aparecida de Souza, a Marcinha, 48 anos, que há 12 anos tem envolvimento com o Carnaval. “Desfilei por que sou insistente. A minha fantasia maravilhosa de São Jorge que iria chegar hoje, simplesmente não veio. Mas pensei: não é isso que vai me desanimar. Vou lá mostrar meu samba”, disse a rainha logo depois da vitória ao lado das princesas Jéssica de Almeida Barbosa e Marília Reis Santos. Rodeadoss por fotógrafos o Cortejo Real 2013 sambou embalado pela bateria da Escola Embaixadores da Alegria. 
O Presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli, em meio à animação da festa, afirmou que o evento “é a demonstração que o Carnaval é uma festa popular com fortes raízes na cidade”. 
A mesa do júri reuniu dez pessoas, entre elas os vereadores Julieta Reis, Pedro Paulo e Tico Kusma. Representando o vereador Serginho do Posto, seu assessor Luiz Fernando Simão. Completaram a relação de jurados os seguintes integrantes da Fundação Cultural de Curitiba: Ana Maria Hladczuk, diretora de incentivo à cultura e Augusto Rando, assessor de planejamento. Na mesa do júri também estavam a atriz e cantora Kátia Drummond, o ator, diretor e produtor Isidoro Diniz, Zelador Cultural Candieiro, do Centro Cultural Humaitá, a blogueira e cronista Claudia Wasilewski e o diretor da Aliança Francesa, Christian Dejour.
A escolha do Cortejo Real foi apenas o primeiro evento do carnaval curitibano deste ano. Agora, o Rei Momo, a Rainha e as Princesas passam a representar o carnaval da cidade, animando os ensaios das escolas de samba, o desfile da Avenida Cândido de Abreu no dia 9 de fevereiro, os bailes populares que estão programados para os dias 11 e 12 de fevereiro, no Ginásio de Esportes do Bairro Novo. Para o público infantil, o horário dos bailes será das 15h às 19h, sendo que os adultos podem se divertir das 20h às 24h. 

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Ação Operação Verão

Fátima Nunes, Palhaço Piri, Marcio Fernandes Nunes  e Palhaço Pipoca

Palhaço PIRI distribuindo sacolas plásticas aos veranistas. A ação faz parte do projeto desenvolvido durante a Operação Verão, pelo Instituto das Águas do Paraná, para aumentar o volume de materiais recicláveis coletado no Litoral.
 A dupla Piri e Pipoca e uma equipe de monitores estão trabalhando distribuindo saquinhos de lixo para os veranistas na orla. Entre 2 e 3 mil pessoas são abordadas todos os dias no comércio na travessia do Ferry-boat (entre Caiobá e Guaratuba) e no terminal de embarque para a Ilha do Mel, em Pontal do Paraná.
 Os monitores orientam a população a colocar o lixo para fora das residências no período entre 18 h e 8 horas. 
O material reciclável é recolhido pela manhã, a partir das 9 horas. 
O trabalho de Educação Ambiental no Litoral e direcionado, principalmente, às crianças e adolescentes, e aborda temas como separação de materiais recicláveis, destinação adequada dos resíduos em lixeiras e cuidados com a natureza.
Palhaço PIRI distribuindo sacolas plásticas aos veranistas. A ação faz parte do projeto desenvolvido durante a Operação Verão, pelo Instituto das Águas do Paraná, para aumentar o volume de materiais recicláveis coletado no Litoral. A dupla Piri e Pipoca e uma equipe de monitores estão trabalhando distribuindo saquinhos de lixo para os veranistas na orla. Entre 2 e 3 mil pessoas são abordadas todos os dias no comércio na travessia do Ferry-boat (entre Caiobá e Guaratuba) e no terminal de embarque para a Ilha do Mel, em Pontal do Paraná. Os monitores orientam a população a colocar o lixo para fora das residências no período entre 18 h e 8 horas. O material reciclável é recolhido pela manhã, a partir das 9 horas. O trabalho de Educação Ambiental no Litoral e direcionado, principalmente, às crianças e adolescentes, e aborda temas como separação de materiais recicláveis, destinação adequada dos resíduos em lixeiras e cuidados com a natureza.


Palhaço PIRI distribuindo sacolas plásticas aos veranistas


Palhaço Pipoca interagindo com muito humor

A importância da separação do lixo no litoral, o orgânico e o reciclável ajudam os coletores na hora de retirar o material da areia.


terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Projeto melhora a coleta de material reciclável no Litoral









O Instituto das Águas do Paraná,  desenvolve um projeto durante a Operação Verão para aumentar o volume de materiais recicláveis coletado no Litoral. - Para isto o palhaço PIRI e palhaço PIPOCA e uma equipe especialmente selecionada para orientar os veranistas da importância da limpeza das praias, levando sacolas biodegradáveis para todos.


No Paraná é diferente na administração das questões ambientais. Aqui, o respeito à Natureza a proteção ao meio ambiente são linhas de ação. O exercício da cidadania requer que toda a comunidade, seja sensibilizada e conscientizada sobre a importância de adquirir novos valores, hábitos e atitudes em sua vida cotidiana.


EDUCAÇÃO — Um grupo de jovens acadêmicos ligados à área ambiental também está contribuindo com o projeto do ÁguasParaná . Eles foram capacitados para atuar como monitores e estão trabalhando em grupos distribuindo saquinhos de lixo para os veranistas na orla. Entre 2 e 3 mil pessoas são abordadas a cada dia no comércio e em pontos de grande concentração de pessoas, como a travessia do ferry-boat entre Caiobá e Guaratuba e o terminal de embarque para a Ilha do Mel, em Pontal do Paraná.
“Esse é um trabalho de sensibilização da população e dos veranistas para separar o material reciclável do lixo orgânico e os horários adequados para disposição de lixo para coleta”, explica Tereza Lemes, do ÁguasParaná. “Para isso trouxemos estudantes de áreas como biologia, engenharia e gestão ambiental, veterinários e outros cursos, que é para podermos oferecer mais informação às pessoas sobre a importância dessa ação”, afirma ela. 
Os monitores orientam a população a colocar o lixo para fora das residências no período entre 18h e 8h da manhã. O material reciclável é recolhido pela manhã, a partir das 9h e a sugestão é que para esse tipo de material sejam usadas sacolas azuis, ou pelo menos de coloração clara, como as sacolas de supermercado. O caminhão que passa fazendo a coleta é diferenciado, tipo baú, e está identificado. O material coletado é entregue diretamente às associações de catadores. Para o lixo orgânico, a sugestão é que sejam usadas sacolas plásticas pretas.
CONSCIENTIZAÇÃO – Os serviços de educação ambiental no Litoral são destinados, principalmente, às crianças e adolescentes, e tratarão de temas como separação de materiais recicláveis, destinação adequada dos resíduos em lixeiras e cuidados com a natureza. “Queremos mostrar aos cidadãos que atitudes simples podem contribuir para a limpeza da praia. As férias são um período de descanso e diversão, mas não podemos esquecer nosso compromisso com o meio ambiente”