seguir no FACEBOOK

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Corrente Cultural movimenta Curitiba com maratona de shows e outras atrações







Emicida, Pitty, Suricato, Far From Alaska, Duda Brack e Orquestra À Base de Corda(que vai trazer um convidado super especial!) são atrações da Corrente Cultural 2015! Entre os dias 3 e 8 de novembro, essas e outras centenas de shows e eventos artísticos tomam conta da cidade. Os músicos curitibanos escolhidos para rechearem palcos como o Hard Rock Cafe Curitiba – Boca Maldita e o Mundo Livre FM – Ruínas são: Big Time Orchestra, Cefa, Cirandar, Djoa, Du Gomide, Sapato Furado Orquestra de Gafieira, Jenni Mosello, Banda Leash, Lucian Araújo, Machete Bomb, Monreal,Naked Girls and Aeroplanes, Namorada Belga, Os Irmãos Carrilho, Pietro Domiciano, BraveHeart, Relespública, Rodrigo Lemos (Lemoskine), Sara 572 e Trombone de Frutas, bem como os DJ DJ FEFO, Nomad Magush, Claudia Bukowski e Kaká Franco.


Centenas de shows e atrações artísticas tomam conta de Curitiba na semana de 3 a 8 de novembro. A Corrente Cultural 2015 está sendo organizada pela Fundação Cultural de Curitiba para oferecer uma intensa programação em palcos ao ar livre, praças, teatros e espaços culturais. As grandes atrações estão reservadas para o fim de semana, dias 7 e 8, com shows de artistas nacionais e de 24 bandas e grupos musicais curitibanos escolhidos por meio de seleção pública.
Emicida, Pitty, Suricato, Far from Alaska e Duda Brack são as atrações nacionais que sobem aos palcos Hard Rock Cafe Curitiba – Boca Maldita e Mundo Livre FM – Ruínas, os dois principais palcos da Corrente este ano. A programação ganha peso também com as bandas, grupos e artistas curitibanos selecionados e contratados pela FCC, representantes das diversas vertentes – rock, jazz, folk, MPB, entre outras. São eles: Orquestra à Base de Sopro, Big Time Orchestra, Cefa, Cirandar, Djoa, Du Gomide, Sapato Furado Orquestra de Gafieira, Jenni Mosello, Leash, Lucian Araújo, Machete Bomb, Monreal, Naked Girls and Aeroplanes, Namorada Belga, Os Irmãos Carrilho, Pietro Domiciano, BraveHeart, Relespública, Rodrigo Lemos, Sara 572 e Trombone de Frutas.
Também está na programação a banda Lenhadores da Antárdida, vencedora do festival Viva Rock Latino, promovido pelo Hard Rock Cafe Curitiba, um dos patrocinadores da Corrente, junto com a Coca-Cola, Rolling Stone Magazine, Spotify, Banco do Brasil e Mundo Livre FM. Uma “atração surpresa” ainda será anunciada para tocar com a Orquestra à Base de Corda.
Além de ocupar os palcos da Boca Maldita e das Ruínas, as atrações se dividem entre os palcos da Praça EspanhaTeatro Londrina eTeatro Universitário de Curitiba (TUC), além da Tenda Eletrônica, que será montada na Praça 29 de Março. Nesse local, quatro DJs, também escolhidos por seleção pública da FCC, se revezam na animação. São eles: Fefo, Nomad Magush, Claudia Bukowski e Kaka Franco.
O Teatro Londrina será reservado para shows de stand-up comedy, enquanto o Memorial de Curitiba será tomado pela Feira de Vinil. Haverá feiras gastronômicas junto aos palcos da Boca Maldita, Ruínas e na Praça 29 de Março. A Capela Santa Maria estará integrada à programação com várias atrações musicais, inclusive com concertos de ópera.
Recursos – A Prefeitura e a Fundação Cultural de Curitiba realizam a Corrente Cultural de Curitiba com a participação de importantes patrocinadores e apoio de instituições como o Sesc, Goethe Institut, Instituto Cervantes, Bienal Internacional de Curitiba, Radiola e Gepetto Pizzaria. “Para bancar os custos da Corrente Cultural 2015, adotamos a política em que a Prefeitura fica responsável pelo pagamento da infraestrutura e pelos cachês das bandas da cidade, enquanto as atrações nacionais são pagas com os investimentos dos patrocinadores”, explica o presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli.
Para a Corrente Cultural 2015 serão investidos, pela Prefeitura de Curitiba, aproximadamente, R$ 600 mil entre despesas com os cachês dos músicos da cidade, infraestrutura e comunicação. Cada banda selecionada receberá um cachê de R$ 3 mil e os DJs, de R$ 1,5 mil.
“Apesar das dificuldades financeiras e do momento de retração econômica pelo qual o país passa, a Prefeitura continua considerando a Corrente Cultural uma iniciativa fundamental para a cultura da cidade. Alguns parceiros que participaram das edições anteriores não conseguiram investir desta vez, o que exigiu um esforço maior da FCC para buscar recursos com novos patrocinadores”, diz o superintendente da Fundação Cultural, Igor Cordeiro.
A grade de programação, com todas as atrações, locais e horários, será divulgada na próxima semana e estará disponível no site da Corrente Cultural – correntecultural.com.br.
A Corrente Cultural 2015 é uma realização da Fundação Cultural de Curitiba (FCC) e do Instituto Curitiba de Arte e Cultura (ICAC). Tem patrocínio do Hard Rock Cafe Curitiba, Revista Rolling Stone, Coca-Cola, Spotify, Banco do Brasil e Mundo Livre FM. Apoio cultural Bienal Internacional de Curitiba, Instituto Goeth, Instituto Cervantes, Consulado Geral da Itália, Gepetto Pizzaria, Radiola, Caixa Cultural, Fecomércio/Sesc-PR, Governo do Estado do Paraná e Gazeta do Povo.
Em 2015 a Corrente Cultural inclui apoio a campanhas sociais de referência, apoiando a campanha pela construção do Hospital Oncopediátrico Erasto Gaerdner e a Campanha do Rotary Internacional pelo fim da Poliomielite.
Autor: Assessoria de Imprensa da FCC
Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Nenhum comentário:

Postar um comentário