seguir no FACEBOOK

sábado, 14 de agosto de 2010

VACINAÇÃO INFANTIL “Não vá esquecer a segunda dose. HEM?”






O Ministério da Saúde lança em agosto a 2ª Fase da Campanha Nacional de Vacinação Infantil. Pais e responsáveis devem levar crianças com menos de 5 anos para se vacinarem contra a paralisia infantil. A ação acontece dia 14 DE AGOSTO, em todo o território nacional. Com o slogan VACINAÇÃO INFANTIL “Não vá esquecer a segunda dose. HEM?”, o objetivo é manter a erradicação da paralisia infantil no país.


"Vale lembrar que a vacina é gratuita, e que os pais devem levar a caderneta de vacinação dos filhos".





POLIOMIELITE: Segunda etapa quer manter erradicação da doença

PÓLIO – Apesar de erradicada, a pólio pode ser importada de outros países e não estão excluídos os riscos de reintrodução do vírus. “Se os pais não se mobilizarem para vacinar os filhos, haverá um espaço com suscetibilidade para a doença, pois quatro países do mundo são pólio endêmicos, ou seja, possuem a poliomielite como doença regular, daí a importância de campanhas de vacinação”.

Outros 15 países tiveram a doença importada, pois possuíam baixa cobertura vacinal. “É hipocrisia acharmos que isso não pode acontecer conosco. Não podemos acreditar que estamos imunes, se todas as crianças não forem vacinadas”, comentou.

O Brasil recebeu o certificado internacional de erradicação no ano de 1994. O último caso registrado tinha sido em 1989, no município de Souza, na Paraíba. Por esse motivo, o país assumiu a meta de manter altas coberturas vacinais, de forma homogênea. “Por isso é importante que todos os município se esforcem para conseguirmos cumprir essa meta e fazer parte de registros positivos no Brasil”.

DOENÇA – A poliomielite é uma infecção grave. Não costumam ocorrer mortes por causa da doença, mas quando uma criança é contaminada, adquire lesões que afetam o sistema nervoso, tendo maiores consequências nos membros inferiores.

Uma pessoa infectada transmite a doença pelas fezes, em contato com o ambiente. Por ser leve, o vírus pode ser levado pelo ar e entrar em contato com alimentos ou até brinquedos, atingindo a criança via oral ou pela água contaminada. Desenvolvida, a poliomielite pode causar a tetraparalisia.


Ministério da Saúde - Esplanada dos MinistériosBloco G - Brasilia / DF
video

Nenhum comentário:

Postar um comentário