seguir no FACEBOOK

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Dia Internacional do Voluntário



Um dos mais importantes programas de responsabilidade social do Paraná, o Rede Sol é mantido pela Fundação Cultural de Curitiba. Desde 1997, é composto por artistas voluntários de diversas áreas, que proporcionam momentos de fruição artística e descontração para aqueles que estão afastados temporariamente do convívio social seja por motivo de saúde, abandono ou por imposição da justiça. Pessoas em hospitais, lares de idosos, escolas especiais, unidades sociais oficiais, centros de atenção psicossocial, hospitais psiquiátricos e orfanatos recebem espetáculos de música, literatura, teatro, dança e outras atividades graças ao Rede Sol. O programa proporciona a inclusão social por meio da cultura e contribui para o desenvolvimento físico e intelectual da população beneficiada.
O programa vem sendo considerado como um verdadeiro apoio terapêutico. Desenvolve a autoestima e a sensibilidade artística. Para a comunidade de artistas é uma forma de despertar o espírito solidário, criando oportunidades para o exercício do voluntariado social.

De acordo com a disponibilidade do artista e o perfil da instituição, o Programa Rede Sol realiza o agendamento das apresentações e responsabiliza-se pela logística e infraestrutura.

A importância desse trabalho foi reconhecida.  Em 2005, a Rede Sol venceu o Prêmio Zilda Arns – Top Social ADVB-PR (categoria Cultura) que premia as iniciativas de empresas privadas e públicas e entidades do terceiro setor que promovem e fomentam o desenvolvimento social com ações de sustentabilidade solidária. Ainda em 2005, a Rede Sol foi homenageada pela Brasil Telecom com 220 mil cartões telefônicos confeccionados que levaram a impressão da logomarca do programa.

Em 2007, quando o Rede Sol completou 10 anos de atividade, foi lançado o livro “10 Anos de Alegria”, que homenageou todos os artistas integrantes dessa rede. No mesmo ano, o projeto foi homenageado com o Prêmio “Gente que Faz de Verdade“ pela Central de Movimentos Sociais.

Hoje o Rede Sol conta com a solidariedade de 57 artistas. Essa rede de arte solidária precisa do seu apoio. Todo parceiro que queira integrar o Programa é bem-vindo.

Programa Rede Sol
Rua Engenheiros Rebouças, 1732
Curitiba-PR. CEP: 80.230-040
Tel.: +55 (41) 3213-7571
redesol@fcc.curitiba.pr.gov.br


Desde 1985 , a Organizações das Nações Unidas instituiu o dia 5 de dezembro como Dia Internacional do Voluntário.
O Programa dos Voluntários das Nações Unidas no Brasil foi criado em 1998. É um programa em crescimento, de cooperação com projetos de parceiros diferentes em todo o Brasil para os quais necessita de pessoas qualificadas que cumprem serviços voluntários nesses projetos de desenvolvimento. No Brasil milhões de pessoas já estão engajadas como voluntários em clubes, ONGs, igrejas, escolas etc. e milhares de voluntários participam em projetos sociais de empresas privadas com o objetivo de melhorar as condições de vida em comunidades carentes, proteger o meio ambiente ou contribuir para outras atividades específicas. Nesse sentido, o Programa UNV procura também parcerias com as empresas privadas, com universidades e fundações, pois acreditamos que uma maior participação desses atores sociais na cooperação de desenvolvimento pode trazer vantagens a todas as partes envolvidas.
O objetivo da ONU é fazer com que, ao redor do mundo, sejam promovidas ações de voluntariado em todas as esferas da sociedade.
No Brasil, já existem diversas iniciativas em favor do desenvolvimento de práticas de voluntariado.
É fundamental que cada voluntário saiba que, como ele, há milhões de pessoas no mundo dando a sua própria contribuição para o alcance das metas traçadas pelas Nações Unidas.
O Voluntariado
Quando nos referimos ao voluntário contemporâneo, engajado, participante e consciente, diferenciamos também o seu grau de comprometimento: ações mais permanentes, que implicam em maiores compromissos, requerem um determinado tipo de voluntário, e podem levá-lo inclusive a uma “profissionalização voluntária”; existem também ações pontuais, esporádicas, que mobilizam outro perfil de indivíduos.(PNUD)
Desde 1971 o Programa dos Voluntários das Nações Unidas (UNV), administrado pelo PNUD, envia especialistas e voluntários de campo profissionalmente experientes para trabalhar em projetos de cooperação nacional e internacional de desenvolvimento. Além da cooperação técnica, o núcleo do trabalho concentra-se cada vez mais em áreas de apoio humanitário, de preservação e respeito dos direitos humanos e da preparação e observação de eleições. Outra tarefa muito importante do Programa é a promoção do voluntariado entre os cidadãos para ampliar o seu engajamento voluntário em diversas áreas.
Todos os anos, em torno de 7.000 mulheres e homens qualificados e com grande experiência profissional de mais de 170 nacionalidades servem como Voluntários da ONU em mais de 140 países. 60% deles atuam em países que não são os seus próprios e são recrutados por suas especialidades profissionais em uma das mais de 100 categorias profissionais disponíveis. 40% dos Voluntários da ONU servem voluntários nacionais nos seus próprios países e apóiam as iniciativas de construção de capacidades locais além de facilitar o estabelecimento de redes locais e de troca de informações.
Fonte:
www.pnud.org.br/unv
www.diadovoluntario.org.br

Um comentário:

  1. Uhullll Obrigada Piri e um suuuper parabéns a você!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir