seguir no FACEBOOK

segunda-feira, 28 de abril de 2014

piscina [...]




piscina [...]
                         de Mark Ravenhill
                                          tradução de Alvaro Bittencourt




piscina [...] de Mark Ravenhill (tradução Alvaro Bittencourt) propõe um questionamento  sobre a posição do artista em relação a seus objetivos e sua produção artística. O texto é estruturado em um bloco narrativo único (não são designados personagens e nem há divisão de falas) e a direção da peça opta por uma montagem absolutamente essencial, focada no texto e nos atores, com uma trilha sonora realizada ao vivo, valorizando a ambiência do espaço e dos corpos.
Em cena, um grupo de artistas plásticos que chegaram a uma maturidade decadente. Em contraposição,  “ela”, única dentre eles que alcançou fama e sucesso material.
A identificação do “grupo” com “ela”, alterna-se entra a extrema admiração e a inveja. Ao mesmo tempo em que os artistas desse grupo criticam ferozmente os meios que “ela” utilizou para alcançar o sucesso, revelam por suas atitudes que, na verdade, gostariam de estar na posição que “ela” alcançou. 
A ação da peça inicia com os personagens atônitos com o fato de que “ela” construiu uma grande piscina em sua casa. O “grupo” aceita o convite e vai ao seu encontro. Já na casa “dela”, uma mansão, o jantar de boas vindas se transforma em uma festa orgíaca, na qual todos relembram os tempos de juventude, quando formavam um grupo artístico coeso e idealista.
Atração e repulsa, delineiam a relação deste grupo de artistas com “ela” e ao mesmo tempo definem a sensação provocada pelo tipo de arte que esses artistas produzem. Esta mesma contraposição desenha os estados que a encenação de piscina [...] produz.
A peça será apresentada em uma sala de exposições dentro do “olho” do Museu Oscar Niemeyer.
A peça piscina [...]  foi realizada através da Lei Municipal de Incentivo a Cultura e contou com as empresas Positivo e Caixa como patrocinadoras.



piscina [...]


Texto                                                                         Mark Ravenhill
Direção e tradução                                                Alvaro Bittencourt

Elenco

Atores                                                                       Músico
Anna Zétola                                                Julian Barg 
Rosana Stavis
Luiz Carlos Pazello
Sandra Gutierrez




Assistência de arte e produção de imagens       Elenize Dezgeniski
Assistência de figurinos e cenários                   Paulo Vinicius
Direção de produção                                             Anna Zétola
Produção Executiva                                                         Luciana Narciso e Diego         Marchioro
Iluminador                                                               Beto Bruel e Wagner Corrêa
Operador de Luz                                                 Wagner Corrêa
Compositor de trilha e Músico                             Julian Barg 
Designer gráfico                                                     Maria Cristina Pimenta    
Produção                                                                 ZÉTOLA atelier de artes
Fotografias e Curadoria                                        Elenize Dezgeniski
Assessoria de Imprensa                                       Fernando de Proença




LOCAL -     
Museu Oscar Niemeyer - Sala Araucária
De 07/05/2014 a 01/06/2014

de quarta a sexta: 19h00
sábados: 18h30 e 20h30 
domingo: 18h30
**** No dia 31 de maio não haverá sessão às 20h30 ****


INGRESSO -  20,00 (inteira)
                      10,00 (meia) (funcionários da Caixa + Positivo + mediante apresentação de ingresso de visitação do Mon do mesmo dia)
CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: 16 anos

Nenhum comentário:

Postar um comentário