seguir no FACEBOOK

sábado, 18 de junho de 2011

Vacinação contra paralisia infantil 2011




Todas as crianças com até cinco anos de idade devem ser vacinadas a partir de 18 de junho

E as lojas XIQUITA da Av. Batel 1476 e Via Rápida do Portão(centro Bairro) de Curitiba prepararam um cantinho especial com unidades de saúde para receberem as crianças, separe a carteirinha e procure a loja mais perto.

A campanha de vacinação contra a paralisia infantil, que será do dia 18 de junho ao dia 1º de julho, irá imunizar também contra o sarampo. Todas as crianças do Estado de São Paulo, com até cinco anos de idade, devem ser levadas aos postos para receber as vacinas. O período foi escolhido para proteger os jovens antes do período de férias.

Crianças de zero a quatro anos devem tomar duas gotas da vacina Sabin, contra a paralisia infantil, e uma dose contra o sarampo. Para crianças entre um e cinco anos será oferecida a vacina contra o sarampo. Também será feita atualização de doses em atraso na caderneta de vacinas.

Neste ano já foram identificados nove casos de sarampo no país. Todos relacionados ao vírus D4, vindo da Europa, principalmente da França, onde já foram registrados cerca de 9.000 casos em 2011. Uma criança de sete anos da região de Campinas pode estar infectada e aguarda confirmação da Fundação Oswaldo Cruz, do Rio de Janeiro, responsável pela comprovação.

Os principais sintomas do sarampo são febre e manchas avermelhadas no corpo, acompanhados ou não de tosse, coriza e conjuntivite. Caso apareçam os sintomas, deve-se procurar imediatamente um posto de saúde e evitar contato com outras pessoas até que se receba o diagnóstico.

video

Veja no quadro abaixo as vacinas que as crianças devem tomar, de acordo com a idade, a data da campanha de vacinação e o estado onde vivem:

Campanhas Nacionais Datas Público UF
1ª etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite 18 de junho (Dia de Mobilização) a 22 de julho Crianças de 0 a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias) Todos os estados e municípios
1ª fase da Campanha de Seguimento contra o Sarampo Crianças de 1 ano a menores de 7 anos (6 anos, 11 meses e 29 dias) Todos os municípios de: AL, BA, CE, MG, PE, RJ, RS, SP
2ª etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite 13 de agosto (Dia de Mobilização) a 16 de setembro Crianças de 0 a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias) Todos os estados e municípios
2ª fase da Campanha de Seguimento contra o Sarampo Crianças de 1 ano a menores de 7 anos (6 anos, 11 meses e 29 dias) Todos os municípios de: AC, AM, AP, ES, GO, MA, MS, MT, PA, PB, PI, PR, RN, RO, RR, SE, SC, TO e DF

1. Há risco para as crianças que vão tomar duas vacinas?
Não. As vacinas são seguras e podem ser dadas às crianças no mesmo dia, sem prejudicar a saúde delas.

2. As vacinas têm contraindicações?
Em geral, não. Porém, recomenda-se que as crianças que estejam com febre acima de 38º ou com alguma infecção sejam avaliadas por um médico antes de se vacinarem. Também não é recomendado vacinar crianças que tenham problemas de imunodepressão (como pacientes de câncer e AIDS ou de outras doenças e/ou tratamentos que afetem o sistema imunológico) e anafilaxia (reação alérgica severa) a dose anterior das vacinas.

3. Onde vacinar as crianças?
Os pais ou responsáveis devem procurar a Secretaria de Saúde do seu município ou estado para se informar sobre a lista de postos, bem como os endereços e os horários de funcionamento.

4. Só será possível vacinar as crianças nessas datas?
Não. As vacinas contra pólio e sarampo são oferecidas gratuitamente pelo SUS e estão disponíveis durante todo o ano, nos postos de saúde, para a imunização de rotina. Mas é fundamental levar as crianças às campanhas de vacinação, porque elas reforçam a proteção da saúde delas.

5. Como funciona o calendário básico de vacinação, fora das campanhas?
Vacina poliomielite oral – Os bebês devem receber a vacina aos dois, quatro e seis meses. Aos 15 meses, recebem o primeiro reforço. Porém, todas as crianças menores de cinco anos (de 0 a 4 anos 11 meses e 29 dias) devem tomar as duas doses durante a Campanha Nacional, mesmo que já tenham sido vacinadas anteriormente.

Vacina tríplice viral – As crianças devem tomar uma dose da vacina tríplice viral (que protege contra sarampo, rubéola e caxumba) aos 12 meses e um reforço aos quatro anos. Porém, todas as crianças devem se vacinar nas “campanhas de seguimento”, mesmo que já tenham sido vacinadas anteriormente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário