seguir no FACEBOOK

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Campanha do Agasalho Espalhe Calor


Em tarde de festa, Provopar Estadual

entrega 2 mil cobertores em Araucária




presidente do Provopar Estadual, Carlise Kwiatkowski

Rodrigo



A presidente do Provopar Estadual, Carlise Kwiatkowski, o ator Rodrigo Veronese, o prefeito Albanor José Ferreira Gomes, “Zezé”, e a empresária Ligia Romani, presidente do Núcleo de Responsabilidade Social do Setransp, comandaram nesta quarta-feira (25) a entrega de 2 mil cobertores para mil famílias em situação de vulnerabilidade social, cadastradas pela prefeitura de Araucária. 
A solenidade teve clima de festa com a presença do ator Rodrigo Veronese e do palhaço Piri, que prestaram apoio a Campanha do Agasalho Espalhe Calor 2012, promovida pelo Governo do Estado, através da Secretaria da Família e Desenvolvimento Social, Provopar Estadual e RIC TV Record, sendo patrocinada pelo Extra, Cassol Center Lar e Natuclin e tendo como parceiros Setransp, Condor, Banco do Brasil, Banco Itaú, Bazaar Fashion, La Food e Wal Mart.
Carlise Kwiatkowski disse que o principal objetivo da campanha no momento é atender o maior número possível de famílias antes que as baixas temperaturas atinjam o Estado. “E, graças aos nossos parceiros, que tem contribuído constantemente com as ações do Provopar Estadual, estamos conseguindo avançar. São parceiros de longa data que acompanham o governador Beto Richa e a secretária Fernanda Richa e agora estão conosco em todo o Estado do Paraná. Portanto, tenho certeza que nossa meta que é de 90 mil famílias atendidas”. 
Ela revelou ainda que a próxima entrega de cobertores será feita no dia 2 de maio, em Quatro Barras, na região metropolitana de Curitiba. “E, na medida que as doações de cobertores vão chegando, estaremos marcando novos eventos como este que acontece em Araucária”, acrescentou. 
A solenidade contou ainda com a presença do presidente da Fomento Paraná, Jurandir Barbosa Sobrinho, que representou o governador Beto Richa, a presidente da APMI – Associação de Proteção a Maternidade e Infância, Maria Claudete Saliba, do representante do Banco do Brasil, Francisco Adailton de Lima e do empresário Marco Felipack. 
UNIÃO DE ESFORÇOS - Em Araucária, além dos cobertores, foram entregues 8.050 peças de roupas e agasalhos para as entidades assistenciais do município e 5 mil salgadinhos cedidos pela La Food e entregues ao público presente. Ligia Romani, que também é proprietária da empresa Araucária Transporte Coletivo, onde ocorreu o evento, disse que a prefeitura do município tem feito um excelente trabalho social, mas que não consegue atender a todas as famílias cadastradas. “Portanto, é preciso somar forças, caso contrário a população vai padecer. O que estamos vendo hoje aqui é a união dos poderes públicos, Provopar e a iniciativa privada, no atendimento daqueles que mais precisam”. 
A primeira-dama e secretária municipal de Assistência Social, Uriema Rita Elhke Gomes, revelou que o município manter cerca de 15 mil pessoas com cadastro no CRAS. “Estamos felizes com a entrega desses cobertores, pelo segundo ano consecutivo. O município procura fazer o possível, mas as famílias carentes são muitas. A gente sabe que o frio vai chegar e será rigoroso”. 
Já o prefeito Albanor Gomes disse da importância da parceria que o seu município mantém com o Governo do Estado. “Essa parceria é muito importante, porque a gente sabe do trabalho sério e transparente do governador e da própria Fernanda Richa no atendimento as famílias que mais precisam. Pode ter certeza de que estes cobertores serão bem utilizados”. 
A auxiliar de cozinha desempregada Janete de Jesus, 36 anos, faz de tudo para manter os três filhos com os R$ 300,00 que recebe como pensão do ex-marido. “A renda é pouca e, senão ganhasse os cobertores, não teria como comprar”, afirma Janete, que espera a chegada do quarto filho para os próximos dias. 
Maria Aparecida, que também recebeu dois cobertores das mãos de Carlise, Rodrigo Veronese e Ligia Romani, também está desempregada. “Tenho quatro crianças em casa – duas adotivas. Estou feliz com os cobertores. E o dinheiro que sobra vai ajudar a completar o aluguel”.
Fonte: Assessoria de Imprensa do Provopar

Nenhum comentário:

Postar um comentário