seguir no FACEBOOK

terça-feira, 16 de julho de 2013

As Polacas




JOÃO DAS NEVES

OFICINA: “A ANÁLISE DO TEXTO TEATRAL”





Um dos maiores problemas com que se costumam defrontar os jovens diretores e grupos teatrais, especialmente do interior, é a ausência de uma literatura técnica que lhes permita abordar com eficiência um texto teatral. O resultado de inúmeras encenações fica, assim, comprometido desde o seu nascedouro. Em abordagens equivocadas os erros vão se acumulando, daí resultando espetáculos de baixo nível artístico que acabam por frustrar esforços e vocações.

“A ANÁLISE DO TEXTO TEATRAL” é, talvez, o único trabalho em língua portuguesa (adotado por vários cursos de teatro) que aborda com simplicidade e objetividade os diversos problemas inerentes à passagem do texto teatral escrito à sua encenação.

O presente projeto vem atender à crescente demanda de jovens diretores e grupos teatrais, carentes de uma ferramenta eficaz e de fácil utilização em seu dia a dia do fazer do teatral O nível de excelência atingido pelos principais grupos teatrais brasileiros, que os tem projetado nacional e  internacionalmente, é hoje uma justa aspiração de grupos em formação .ou com pouca experiência. Quer sediados em locais com pouco ou nenhum acesso a informações indispensáveis, quer na periferia dos grandes centros.Todos que desejarem se aprimorar artisticamente, têm  nessa oficina  um instrumento indispensável para atingir seu objetivo.

Já realizada em várias cidades e em festivais de importantes centros de difusão teatral do Brasil e do exterior (Oficina Três Rios/SP; FIT/BH; UNICAMP; Porto Alegre EM CENA/RS; 9º EITALC – Missiones/Argentina; 10º EITALC – Cidade do México; entre outros), a oficina “A ANÁLISE DO TEXTO TEATRAL”, de caráter eminentemente prático, tem se revelado um sólido ponto de partida para quem quer se dedicar à atividade teatral, ampliando os horizontes dos grupos, diretores e demais participantes.

Complementado com sessões específicas para os dedicados à direção, mas aberto a todos os inscritos que queiram participar, o autor aborda os diversos aspectos da encenação teatral, seus problemas e possíveis soluções. O curso promove, ainda,  momentos de reflexão indispensáveis à construção de uma consciência crítica aos participantes da oficina .


Necessidades Materiais:
Livro “A Análise do Texto Teatral” – a ser disponibilizado pelo diretor para o referido curso
Peças estudadas: Vestido de Noiva, de Nelson Rodrigues; Os Fuzis da Senhora Carrar, de Bertolt Brecht; e O Último Carro, do próprio autor.

Capacidade de público: 20 pessoas
Público-Alvo: atores, iniciantes ou não, acima dos 18 anos, e diretores teatrais.
Conteúdos Programáticos: Exercícios de análise dos textos selecionados nos livro supra-citados.

Carga-horária:
4h/dia, durante 4 dias. Total de 16 horas/aula.

Local: Sala ampla e ventilada, água, mesas e cadeiras

Forma de Seleção: envio de currículo e/ou carta de intenção
Cerificação ao final da oficina (mínimo de 75% das horas/aulas freqüentadas)



Apresentação

A Análise do Texto Teatral, de João das Neves teve sua primeira edição (INACEN, 1987) rapidamente esgotada. Escrito em linguagem clara e objetiva, acessível tanto aos que já se dedicam à prática teatral, quanto aos que nela se iniciam, tornou-se, assim, leitura imprescindível.

Utilizando-se de três textos da moderna dramaturgia - Vestido de Noiva, de Nelson Rodrigues; Os Fuzis da Senhora Carrar, de Bertolt Brecht; e O Último Carro, do próprio autor - ele os disseca, através do seu método de interpretação, da maneira mais completa, desvendando para o leitor toda a intrincada sistemática da criação. E mais: convida o leitor a participar do processo criativo, transformando a sua leitura num instigante exercício coletivo, onde a contribuição de todos e de cada um se faz necessária. Mergulhar nessa leitura, onde, ao lado de soluções simples e lógicas para algumas das questões fundamentais na abordagem de um texto teatral, se resgata o prazer lúdico do pensar-fazendo é uma experiência das mais fascinantes e enriquecedoras. A Editora Europa se orgulha de poder proporcionar ao seu público leitor esta oportunidade.

Os editores



Nenhum comentário:

Postar um comentário