seguir no FACEBOOK

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Virada Cultural Paraná

Virada Cultural Paraná  leva arte e diversão para 11 municípios

 

Nesta edição, mais de 500 atrações gratuitas entre shows e atividades culturais variadas estarão disponíveis ao público

A segunda edição da Virada Cultural Paraná, realizada pelo Governo do Estado, vai reunir um pouco da enorme diversidade cultural brasileira. As 11 cidades participantes recebem o Palco Conexões, onde o público poderá conferir gratuitamente atrações locais e nacionais. Campo Mourão, Cianorte, Cornélio Procópio, Cascavel, Guarapuava, Londrina, Maringá, Pato Branco, Ponta Grossa, Toledo e São José dos Pinhais participam do evento, que ocorre nos dias 26 e 27 de outubro. 

A realização da Virada Cultural Paraná 2013 é uma parceria da Secretaria de Estado da Cultura e Departamento de Trânsito do Estado (Detran), e conta com o apoio do SESI-PR, SESC-PR e prefeituras municipais.

 “Vamos levar para 11 cidades do interior do Paraná uma programação de qualidade, com atrações de diferentes áreas e regiões. As parcerias realizadas para esta edição permitiram que o período do evento se estendesse para uma semana de atividades. Assim, conseguimos atender uma das principais metas da cultura no governo Beto Richa, que é de descentralizar as ações culturais”, explica o secretário da Cultura, Paulino Viapiana.

Semana de arte
O intuito da Virada é reunir o público por meio da cultura. E como cultura e educação andam juntas, este ano o evento apresenta uma novidade: a semana de arte-educação com ações voltadas à educação no trânsito. De 21 a 26 de outubro, pedestres, motoristas e ciclistas irão ampliar conhecimentos em busca de uma convivência pacífica nas calçadas, ruas e ciclovias. Mais de 200 atividades foram programadas pelos parceiros como caminhadas, apresentações de teatro, oficinas de arte urbana, demonstrações, palestras, exposições, blitz educativas dentre outras ações que irão proporcionar reflexão e levantar questões sobre o tema. 

"Diante dos números alarmantes de acidentes de trânsito em todo o estado, o Governo do Paraná busca novas formas de chamar a atenção dos motoristas para a importância de uma mudança urgente de atitude ao volante. Por isso, investimos nas diversas formas de educação para o trânsito, seja na música, dança, cinema, arte urbana, circo ou qualquer expressão cultural que fale diretamente ao condutor", conta o diretor-geral do Departamento de Trânsito do Paraná, Marcos Traad. 

Shows
Jair Rodrigues, Almir Sater, 14 Bis, Zélia Duncan, Fafá de Belém, Teatro Mágico, Tangos e Tragédias, Raimundos, Planta e Raiz, Sandra de Sá, Molungo, Gentileza, Maxixe Maxine, Viola Quebrada, Big Time, A Banda Mais Bonita da Cidade, Trombone de Frutas, Sá e Guarabyra, Moraes Moreira, Djambi e Charme Chulo são algumas das atrações programadas. Essa pluralidade de artistas e estilos musicais proporciona diversão para variados gostos. Algumas cidades vão contar com mais de um palco, proporcionando shows com atrações locais, ampliando o acesso do público.

O repertório de atividades disponível à população é ainda maior. São mais de 500 atrações durante toda a semana, entre shows com artistas nacionais e regionais, apresentações de dança, intervenções cênicas, orquestras, contação de histórias e leitura, atividades recreativas, oficinas de estêncil, circo e artesanato, exposições, exibição de vídeos, teatro, jogos, coral, declamação de poesias e muito mais. Tudo para tornar a Virada Cultural Paraná uma experiência enriquecedora, uma oportunidade de conhecer e viver toda a diversidade da arte paranaense. 

“A realização das edições da Virada Cultural tem sido de extrema felicidade, já que o evento se transformou em uma das promoções mais consistentes do calendário cultural paranaense, empolgando o público e gerando grande expectativa na população”, destaca o presidente do Sistema Fecomércio Sesc Senac Paraná, Darci Piana. 

“O Sesi apoia a Virada Cultural Paraná, desde a sua primeira edição, porque vislumbra na cultura um valor indispensável na vida do trabalhador da indústria e de toda a sociedade, contribuindo inclusive para a melhoria da qualidade de vida.  É  importante destacar a abrangência do evento, que ao chegar em 11 cidades simultaneamente promove e democratiza o acesso ao bem cultural”, Anna Zétola, gerente da área de cultura do Sesi/PR.

Opinião dos municípios
A expectativa dos municípios que recebem a Virada Cultural Paraná em 2013 é grande. "Campo Mourão está feliz de receber no mês de seu aniversario de 66 anos, pela segunda vez a Virada Cultural. Uma parceria com a Secretaria de Estado da Cultura que tem rendido muitos frutos para nossa população, para que ela tenha acesso pleno à cultura e à cidadania”, diz a prefeita de Campo Mourão, Regina Dubay. "Este ano a Virada Cultural ganha uma dimensão ainda mais forte. A inclusão de um maior número de cidades torna evidente a preocupação do Governo do Paraná em estimular ações neste sentido”, destaca o prefeito de Cascavel, Edgar Bueno. 

"É uma honra receber um evento desta magnitude em nosso município. Vejo a cultura como forma de inclusão social, na qual cores, raças e tribos se misturam. A Virada Cultural vem ao encontro com o que buscamos para Cianorte, uma junção de diversão, arte e socialização", opina o prefeito de Cianorte, Claudemir Bongiorno. “A atual administração vai inserir Guarapuava no cenário cultural do Paraná. Nosso primeiro passo foi promover a primeira conferência municipal e sediar a conferência estadual. Agora, em parceria com o Governo do Estado, temos a satisfação de oferecer aos guarapuavanos a Virada Cultural, que será um grande evento”, avalia o prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho. 

O prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi, ressalta a importância da iniciativa do Governo do Estado ao descentralizar a Virada Cultural, atendendo a região Sudoeste do Paraná. “Para Pato Branco será um evento muito significativo, pois a população deseja eventos culturais que envolvam a comunidade e promovam a cidadania”. 

Primeira edição
Em 2012, a Virada Cultural Paraná foi realizada simultaneamente em Curitiba e mais quatro municípios. Campo Mourão, Cianorte, Foz do Iguaçu e Maringá reuniram um público aproximado de 100 mil pessoas que puderam conferir de graça apresentações musicais, de dança, teatro, circo, artes plásticas, performances artísticas e exposições. No total, mais de 280 mil pessoas participaram da Virada nas cinco cidades.

Este ano a Virada Cultural Paraná nas cidades do interior ocorre em data diferente do evento realizado em Curitiba, que está programado para 9 e 10 de novembro. A capital também irá receber o Palco Conexões do Governo do Estado e a programação será divulgada em breve.

www.cultura.pr.gov.br 
www.facebook.com/viradaparana
www.flickr.com/photos/viradaparana 


CONFIRA AS PROGRAMAÇÕES

Fonte: SEEC

Nenhum comentário:

Postar um comentário