seguir no FACEBOOK

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Nos preocupa essa onda aqui no Brasil dos palhaços assassinos.

Nos preocupa essa onda aqui no Brasil dos palhaços assassinos.



Você Já Leu a Declaração do Riso da Terra? É Linda!
Palhaços do mundo uni-vos!
Vivemos um momento em que a estupidez humana é nossa maior ameaça. Palhaços não transformam o mundo, quiçá a si mesmos.
E nós, palhaços, tontos, bufões, que levamos a vida a mostrar toda essa estupidez, cansamos.
O palhaço é a expressão da alegria, o palhaço é a expressão da vida no que ela tem de instigante, sensível, humana. Alegria que o palhaço realiza a cada momento de sua ação, contribuindo para estancar, por um momento que seja, a dor no planeta Terra. O palhaço é a única criatura no mundo que ri de sua própria derrota e ao agir assim estanca o curso da violência.
OS PALHAÇOS AMPLIAM O RISO DA TERRA. Por esse motivo, nós, palhaços do mundo, não podemos deixar de dizer aos homens e mulheres do nosso tempo, de qualquer credo, de qualquer país:
CULTIVEMOS O RISO. Cultivemos o riso contra as armas que destroem a vida.
O riso que resiste ao ódio, à fome e às injustiças do mundo. Cultivemos o riso. Mas não um riso que discrimine o outro pela sua cor, religião, etnia, gostos e costumes.
CULTIVEMOS O RISO PARA CELEBRAR AS NOSSAS DIFERENÇAS. Um riso que seja como a própria vida: múltiplo, diverso, generoso. Enquanto rirmos estaremos em paz.
CARTA DA PARAÍBA - João Pessoa, 2 de dezembro de 2001 Declaração do Riso da Terra, documento gerado no Festival Mundial de Circo, realizado no ano 2000 em João Pessoa.
texto postado no blog do Bemvindo Sequeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário