seguir no FACEBOOK

segunda-feira, 18 de abril de 2011

dia 18 de abril dia nacional da literatura infantil,

Dia Nacional do Livro Infantil:

18 de Abril foi instituído dia do livro infantil em homenagem a um grande escrito brasileiro, Monteiro Lobato.

Monteiro Lobato foi um dos maiores autores da literatura infanto-juvenil, brasileira. Nascido em Taubaté, interior de São Paulo, em 18 de abril de 1882, iniciou sua carreira escrevendo contos para jornais estudantis.

Ele foi o criador da Turma do Sítio do Picapau Amarelo, com a boneca de pano chamada de Emília, um sabugo de milho muito esperto, o Visconde de Sabugosa e muitos outros personagens envolvidos em grande aventuras.

A fantasia ajuda a formar a personalidade.

A literatura infantil surgiu somente no século XVII, com a descoberta da prensa. As histórias infantis e os contos populares, no entanto, existem desde que o ser humano adquiriu a fala.

Sabe-se que a história, tem grande importância na colaboração para a formação do indivíduo, pois através da imaginação, raciocínio, a criança vai construindo a sua própria história de vida, sedimentando em si, fatos que servirão para seu desenvolvimento intelectual e cultural.

A pessoa que lê conhece o mundo e conhecendo-o terá condições de atuar sobre ele, modificando-o e tornando-o melhor.

Quem lê, além de enriquecer seu vocabulário, abre seus horizontes, entra em contato com pensamentos e opiniões diversas, com diferentes pontos de vista.

Por meio da leitura, o ser humano cresce e conhece o universo, descobre a maneira de aprender a ler a vida, ler no sentido de interpretar, observar, refletir, é lendo que podemos descobrir muito além da nossa imaginação lugares fantásticos, personagens inesquecíveis.

Através da leitura podemos entrar num mundo imaginário e nos colocarmos no lugar do personagem favorito, viajar pelos mais variados países, até planetas. Podemos criar nosso próprio Universo.

Os momentos mágicos estão esvaindo-se, o que antes era um momento único, a hora da história em volta dos familiares, agora transformou-se em notícias de violência, pais que agridem seus filhos, avós que apanham de netos, filhos matando seus pais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário