seguir no FACEBOOK

domingo, 1 de junho de 2014

Discurso do Subterrâneo





Adaptação da obra de Fiódor Dostoiévski “Notas do Subsolo”, a peça “Discurso do Subterrâneo” com Dimas Bueno e direção de Rafael Camargo trata das questões contemporâneas do homem. Existência, convívio e ética. 
Um discurso sem interlocutor, um fluxo de ideias e considerações dramáticas pronunciadas num púlpito frio e sombrio nos porões da alma humana.
A impossibilidade de se comunicar, o falar para si mesmo, a falta e a dificuldade do outro em nosso mundo interior, pontuam as questões latentes do homem desde sempre.
Numa interpretação dentro da pesquisa do teatro da inação, desenvolvida pelo dramaturgo e diretor Rafael Camargo, o ator Dimas Bueno busca num fluxo interno e não físico, a energia e a densidade, para nos levar as profundezas humanas. Um grito silencioso, o som do silêncio num outro tempo e espaço.
A trilha sonora de Chico Nogueira nos tira do chão, criando uma camada sonora da vida, ouvida porque não está inserido na vida. A tonalidade, dodecafonia e sobreposição de sons, são referencias frequentes.
O cenário e o figurino em tons cinza, de Maureen Miranda, nos remetem a um mundo monocromático e frio.
As imagens projetadas de Alan Raffo e a luz de Daniele Régis reforçam o tom expressionista do espetáculo.
Existe uma saída, nos diz com muita dor o autor, é preciso procura-la com a coragem necessária para nos conhecermos se quisermos encontrá-la. Existe uma chance.

[ FICHA TÉCNICA ]
Da obra de Fiódor Dostoiéviski
Adaptação Rafael Camargo e Dimas Bueno
Direção Rafael Camargo
Com Dimas Bueno
Iluminação Daniele Régis
Cenário e Figurinos Maureen Miranda
Trilha Sonora e Fotografias Chico Nogueira
Projeções Alan Raffo
Realização Bueno e Bueno Produções

[ SERVIÇO ]
De 05 de junho a 07 de julho
De quarta-feira a sábado às 20h - Domingo às 18h
ESPAÇO CULTURAL FALEC
(Rua Mateus Leme, 990 – Centro Cívico.
Telef.: 3352.2685 – www.espacocultural.falec.br )
Ingressos R$30,00 (inteira) R$15,00 (meia)
Classificação: 12 anos.

fotos : divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário